sábado, junho 25, 2011

Presença Confirmada!!!

Já fiz a inscrição nas 3 provas que vou focar nos próximos 3 meses (Julho/Agosto/Setembro). Serão 2 de 10km em asfalto e 1 de 12km em Trilhas.

A meta nessas 3 provas será baixar o tempo dos 10km, quebrando de vez a barreira dos 50min. Hoje meu melhor tempo é 52min15seg, portanto serão 3 meses para baixar 2min15seg no mínimo. Meta definida, agora é hora de partir para os treinos…..

As provas são as seguintes:

1 – Corrida Rústica Volta a Lagoa da Conceição – 10km - Data 17/07/2011

2 – K42 Bombinhas – 12km Trail Run – 06/08/2011

3 – Track & Field Run Series Iguatemi Florianópolis – 10km – 11/09/2011

sexta-feira, junho 24, 2011

Sai Mizuno Ultima, Entra Asics Nimbus 12

Kodak Fotos 001

Não existe coisa mais importante para um corredor que seus Tênis, ele é o princípio de tudo na corrida. Sem um bom tênis não se vai a lugar nenhum!

E hoje fiz a estreia dos meus novos tênis, o Asics Gel Nimbus 12. O principal critério de escolha foi o amortecimento, e o critério de desempate foi o visual.

O amortecimento tinha que ser o maior possível, para ajudar na prevenção das lesões, e o visual tinha que ser o mais diferente possível, para……para……bem sei lá porque!!!???

A primeira impressão foi a melhor possível e terninei os 7km da estreia do Nimbus12 muito contente com a aquisição, e certo de que se depender dos tênis, os próximos quilômetros serão muito confortáveis.

O Mizuno Ultima que me acompanhou até hoje, foi um grande companheiro, e me ajudou a conquistar as primeiras centenas de km´s com muita segurança, e vão deixar saudades. Mas agora ficam na reserva, descansando, mas prontos para qualquer imprevisto.

O Asics Nimbus 12 foi comprado por R$ 399,00, na feira do Mundo da Corrida na retirada dos Kits da Meia de Floripa, mas o preço normal dele é R$ 549,00 em qualquer loja ou site do ramo.

O modelo que comprei, Laranjão, é um modelo especial dedicado ao Volta Ilha, que não faz menor diferença, mas é mais uma justificativa para quem compra.

quinta-feira, junho 23, 2011

Meia de Floripa O2 - Bonita mesmo!!!

A Meia Maratona de Floripa O2, foi realmente uma prova Bonita como Floripa!!! A organização estava do nível dos grandes eventos de corridas de rua, e deixou todos os atletas orgulhosos de terem feito parte desta festa do esporte.

Minha participação foi muito boa, muito melhor que o esperado, principalmente porque  não treinei direito como disse no Post anterior. Fiz os 10k em 52min 15seg, minha melhor marca até hoje. Na minha categoria M3034 fiquei em 30o entre 99 corredores, e 153o entre 530 corredores no geral masculino dos 10k.

Vale a pena dar uma olhada no vídeo da Oxigênio TV, com imagens da multidão de corredores que vieram de vários locais do Brasil e do mundo para curtir essa prova Bonita por Natureza!!!

meia maratona de Floripa 018

quarta-feira, junho 15, 2011

Bonita como Floripa

Meia-Maratona-de-FloripaDomingo dia 19/06, tem a Meia Maratona de Floripa, e a chamada no site ficou interessante: Rápida como Berlin, Fria como Nova Iorque, Plana como Chicago, Bonita como Floripa. Só pelo sonho de correr em Berlin, Nova Iorque e Chicago, tudo isso em Floripa, já valeu a inscrição (R$78,00). Parabéns ao Marketing da Prova.

Será a minha primeira prova de 10km, e a primeira prova sem ter treinado devidamente, ou seja, potencialmente o primeiro fracasso. Mas vamos nessa, afinal, depois de alguns Km´s de treinos, a gente aprende que não se corre só com as pernas, e que a cabeça também tem sua importância na hora de superar alguns desafios. Certamente não será a minha prova mais rápida, nem deve! Mas se eu conseguir chegar próximo aos 52min do meu melhor treino de 10k, já está muito bom!

O percurso da prova é muito legal e foi o que mais me motivou a participar desta competição, principalmente pela passagem sobre a ponte Colombo Salles, que vai certamente proporcionar altas fotos com a Ponte Hercílio Luz como pano de fundo. Um percurso pensando no visual que tanto identifica a cidade de Floripa, mais uma vez, parabéns ao Marketing da Prova.

O Kit também ficou bonito, com destaque para a camiseta de manga comprida, pelo menos uma novidade nos kits das corridas. mais um Parabéns para o Marketing da Prova.

Agora só falta a organização da prova também merecer os parabéns, pela pontualidade, cronometragem funcionando direitinho, posto de hidratação organizado e limpinho depois do evento, sinalização perfeita e claro, muita melância, banana e gatorade no pós-prova. Afinal não esqueçam: a promessa da organização, é fazer uma meia maratona -  BONITA COMO FLORIPA!!!

sábado, junho 11, 2011

Ironman Brasil 2011 – A Chegada

Mais um vídeo com imagens do Ironman 2011.

O vídeo mostra a chegada dos primeiro colocados no geral masculino e feminino, incluindo a chegada da Campeã AMY MARSH.

Nessa hora da chegada, é que a gente entende o sentido do que é um IronMan ou IronWoman.

Chegada dos primeiros colocados do Ironman Brasil 2011 - corrervicia.blogspot.com

quinta-feira, junho 09, 2011

Acredite se quiser….

Essa poderia ser da série, ACREDITE SE QUISER!!!

Imagine nadar 3800m, pedalar 180km, correr 42km,  tudo isso em menos de 9 horas e ainda ter garra pra dar um sprint final na disputa pela 7a posição do IronMan Brasil.

Acha que é mentira? História de Corredor? Então dá uma olhada no vídeo que consegui fazer do pega pelo 7º lugar geral masculino do Ironman Brasil 2011.

Os atletas são Ivan Albano Jr (nº10 de laranja) e Ciro Violin (nº 1873 de preto). No resultado oficial o 7º lugar ficou com Ivan, e Ciro ficou com o 8º, mas o tempo total oficial é o mesmo para os dois, 8h50min47seg.

terça-feira, junho 07, 2011

Corrida da Praia do Campeche - Troféu jogando em casa!

folder_peqTrilha, Praia, Asfalto e Frio, muito frio, assim foi o cenário da prova da 2o etapa do Circuito das Praias da ACORSUL, aqui no quintal de casa, a CORRIDA DA PRAIA DO CAMPECHE 7KM

A temperatura era baixa, 9oC as 8:00h, e mais uma vez serviu de filtro para ver quem são os verdadeiros Loucos por Corridas de Floripa.

MapaO percurso, que sofreu alteração de última hora devido a pesca da tainha e a maré alta, começou no campo da aeronáutica na Av. Pequeno Príncipe, seguindo por uma trilha até a praia próximo ao Riozinho. O trecho de praia, foi desde este ponto perto do Riozinho até o Novo Campeche, e graças a maré alta dos últimos dias a areia estava compactada, diferente da areia solta e fofa comum para este percurso na praia. Mas apesar do piso estar mais fácil que o normal, foi onde mais senti dificuldade e tive meu pior rendimento de todo percurso.

Saindo da praia e entrando no Novo Campeche me senti em casa, afinal é meu lugar de treino, o que dá um pouco mais de confiança e diminui um pouco o cansaço causado pela ansiedade. A prova seguiu pelo asfalto na Av. Campeche até a Rua da Capela, com algumas subidas para deixar o trecho mais divertido, e aí até mais um pedaço de trilha pelo campo da aeronáutica até a chegada. Um percurso muito bem escolhido e variado, que fez da prova um verdadeiro desafio.

Meu tempo para os 7km foi de 35min50seg, algo que eu nem imaginava, e como não olhei o relógio em nenhum momento durante a prova, até demorei para acreditar. A ritmo de acordo com o Nike+, foi de 4min56seg por Km.

Mais surpreendente ainda, foi o resultado e colocação na prova, 3o lugar na minha categoria o que rendeu um troféuzinho nessa manhã fria de outono. O que comprovou a teoria de que ´´jogar´´ em casa sempre é melhor.

A Jú, que também jogava em casa, mostrou que está cada vez melhor nesse vício da corrida, e além de também ter ganho seu primeiro troféu, fez isso em grande estilo, subindo no lugar mais alto do pódium. Foi a campeã da categoria, um 1o lugar muito merecido.

domingo, junho 05, 2011

Stuck in the Middle with you - Stealers Wheel

Essa música tem me pilhado toda vez que toca durante meus treinos, uma das minhas favoritas.

sábado, junho 04, 2011

Um X-Run, e muitas X-Tórias

248191_220731407956594_100000592106666_817303_5226384_nSem dúvidas foi uma aventura para ficar na história. O X-Run 60k que ocorreu entre trilhas e praias paradisiacas de Garopaba e Imbituba, foi um desafio e tanto, mas incrivelmente recompensador, é impossível não sentir-se orgulhoso de participar de uma aventura dessas.

Apesar de ter uma quantidade modesta de participantes, o clima era de total motivação e alegria. Os que estavam lá mostraram que a paixão por corridas e aventura, está essencialmente na vontade constante de superação pessoal.

DSCF2098Meus trechos como já tinha colocado aqui no Blog, foram os trechos 2 e 5. E logo no primeiro km do trecho 2 quase cometo um erro fatal, errei o caminho e passei pela entrada para a trilha e por pouco não vou parar bem longe do meu destino. Por sorte, fui avisado logo depois, e tive que voltar uns 100 metros para retomar o caminho correto.

Depois desse trecho plano, vinha uma trilha mato a dentro, com uma subida ingreme que quase me fez repensar a vida de atleta, cheguei em um ponto que tive que parar e pensar se conseguiria completar, até os fones de ouvido que estava usando tive que tirar, pois a exaustão causada pela subida foi tamanha que qualquer coisa me tirava a concentração. Nesse momento de cansaço supremo, escutei de um outro corredor que lutava contra a subida também, uma frase que certamente marcará pra sempre minha vida de corredor: – Vâmo, Vâmo, a dor e o cansaço são só agora, o DESISTIR É PRA SEMPRE! – Serei eternamente grato por aquela frase, na hora certa e no lugar certo.

Dali pra frente, foi completar a subida com paciência e concentração e se divertir morro abaixo, numa correria que o maior desafio foi evitar sair rolando pela trilha, e quando escutei a festa da Jú que me esperava no posto de troca senti que ali eu tinha sido batizado em corridas de aventura.

O meu segundo trecho, o trecho 5, foi realmente o maior desafio da minha vida até hoje. Um percurso todo em estrada de terra, e com duas subidas de tirar o fôlego, LITERALMENTE. E além de ter que enfrentar as subidas e o cansaço, outro adversário foi o sol e calor, afinal fiz este trecho ao meio dia.

Pra fazer este trecho, e completar sem problemas, resolvi fazer uma corrida segurando um pouco no trecho plano inicial, e caminhando rápido nas subidas, tentando ganhar tempo nas descidas e no trecho plano de retorno. Fui pior que imaginava nas subidas, o que comprometeu meu tempo (11,1km em 1h18min), mas completei vivo, e satisfeito.

Tenho que agradecer e muito aos meus companheiros da Equipe Correndo Atrás – Carla, Renato, Juliana, Laércio (Staff) e Marta (Staff), por compartilhar um dia realmente de tirar o fôlego.

As histórias são muitas, e não cabem em um Post. Eu e a Jú, ainda não paramos de contar cada detalhe da prova, cada passo foi uma X-Tória inesquecível.

Clique nas imagens para ver em tamanho maior.

DSCF2089DSCF2176DSCF2180DSCF2188DSCF2202DSCF2208DSCF2213DSCF2214DSCF2228DSCF2235DSCF2250DSCF2291DSCF2307DSCF2331DSCF2341DSCF2378DSCF2382DSCF2397DSCF2405DSCF2421

O X-Run aconteceu no dia 28 de maio de 2011, e só consegui escrever o Post hoje, mas não podia deixar passar em branco.

Meus tempos:

Trecho 2  - 5,9 km – 36min – Trecho 5 – 11,1km - 1h18min

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...