quarta-feira, junho 12, 2013

Meia de Floripa O2 - 10km pra dizer que voltei.

Post Meia de Floripa 2013

Antes da corrida, confesso que estava com medo, receoso, preocupado com o que viria pela frente depois de quase desistir das corridas. Abortei a ideia inicial de correr os 21km e fui nos 10km. Corri no sentimento, sem me preocupar com tempo, só cuidando os sinais do corpo. Estratégias adotadas pensando em não comprometer a recuperação das lesões, afinal o grande objetivo do ano é a Maratona, e ainda dá tempo!

Meia de Floripa - fotoO dia amanheceu perfeito para correr em Florianópolis. Friozinho, sem vento e com sol…que no final deu uma fritada na galera dos 21km. O percurso diferente mas quase igual, era praticamente plano, com pequenas subidas no elevado sobre a Av. Gustavo Richard e no túnel. Sinceramente, fiquei um pouco frustrado de não poder tentar um RP nos 21km nessa prova. Era o dia perfeito!

Ainda não se sabe o número total de corredores ao certo, mas de acordo com o a velha técnica do “achismo”, me arrisco a dizer que tinha em torno de 4000 corredores entre inscritos e pipocas.

 

 

 

ORGANIZAÇÃO

Nunca vi uma corrida com tanto desencontro de informações. A mudança do percurso, deixando de passar sobre as pontes, deixou muita gente desmotivada com a prova. Pior ainda pra quem acabou se inscrevendo antes do anúncio oficial do percurso, achando que teria o prazer da experiência de passar pelas pontes de Floripa. O brilho que teve nos dois últimos anos, não voltou pra edição de 2013.

Inclusive isto é um assunto sério: inscrições só deveriam ser abertas, com todas as informações sobre a prova disponíveis. Fazer inscrição para uma corrida, sem regulamento e percurso disponíveis é comprar um produto sem saber o que é. Fica a dica, só façam a inscrição com todos os dados sobre a corrida disponíveis!

Meia de Floripa - Saida do TúnelNo entanto, a passagem pelo túnel, foi a atração diferente da prova, bem menos interessante que a travessia das pontes, mas ainda assim uma atração. Além disso a estrutura do evento também manteve o bom padrão dos outros anos. A entrega dos Kits foi rápida e fácil. O kit, com camiseta, gel carboidrato e boné dobrável não tinha nada demais.

A largada foi um pouco complicada. Largar todas categorias juntas, em um espaço tão estreito fez com que tudo ficasse mais lento nos primeiros quilômetros. Muita gente reclamou do congestionamento e dificuldade de correr mais rápido. Em casos como esse, onde o espaço é restrito, a largada deve ser o mais organizada possível, com separação de categorias de distâncias, baias de ritmos, tudo para que haja mais conforto pra todos correrem. Não vejo ninguém se preocupando com isso! Deveriam! 

Medalha bonita, pós prova com frutas, isotônico e bastante espaço para dispersão. A distância dos 10km estava muito bem medida e fechou com pequeno erro de 30 metros em relação ao meu Garmin, que registrou 9.97km. No final, a organização do dia da corrida salvou o nome da prova.

MINHA PARTICIPAÇÃO

Meia de Floripa - foto1Como falei, tinha medo de não ir bem nesta corrida. Por isso resolvi levar a sério. Não buscava tempo, mas sim aquela sensação de terminar no limite possível. E consegui!

A largada congestionada, no fim acabou me ajudando a não exagerar no ritmo nos 3 primeiros km’s. Fui adquirindo confiança com o passar da corrida, as dores não apareceram, e fui acelerando até o fôlego faltar. Não quis forçar nada, reduzi quando precisei, mas cheguei perto do meu limite atual.

Voltei a fazer uma corrida relativamente progressiva, sem sentir dores e terminando com tempo muito bom pra quem não treinava decentemente a mais de 3 semanas.

Voltar a correr foi a grande vitória nesta corrida. Toda paciência e prudência no período crítico estão sendo recompensadas aos poucos. Acredito que se seguir nesse ritmo, até as G4Asics POA tudo vai ter voltado ao normal.

Meu tempo oficial, foi 51:00, na atual situação, um bom tempo.

 

 

 

AMIGOS E EQUIPE

A presença da Equipe TIME na prova fez tudo ficar mais fácil. Em especial a companhia do Roberto Otero (vulgo, Dr. Sorriso Kenyano) na largada e primeiros quilômetros. Não consegui acompanhar o ritmo do cara por muito tempo, e olha que o cara corria os 21km e eu só os 10km. Segundo informações extra-oficiais, não confirmadas, dizem que ele terminou a prova em 1:40:00….mas ainda não tem resultado oficial, não podemos homologar o RP. (risos, muitos, risos!)

DrSorriso

Outra presença ilustre na Meia de Floripa, foi do amigo e blogueiro, Danilo Confessor, que veio de Brasília, curtir a Ilha e correr como faz todo bom meio-maraturista. Conseguiu me reconhecer no meio da galera e tive o prazer de conhecer esta figura ilustre do mundo dos blogueiros corredores. Espero que ele tenha aproveitado a passagem por Floripa, pelo que fiquei sabendo, foi outro que quebrou RP nos 21km, comprovando que a ilha da magia estava num dia especial para os corredores.

confissõesdeum

 

RESULTADO OFICIAL

meiadefloriparesultado

REGISTRO GARMIN

FOTOS

A Juliana é a autora da maioria das fotos deste post. Ele foi meu apoio durante a corrida!

O amigo e colega de equipe TIME Wilson Silva, também me mandou algumas fotos, e uma delas ilustra a foto de capa do post! Valeu, Wilson (Obrigado a Rê, namorada dele, na verdade né, que foi quem tirou as fotos!).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...