quarta-feira, maio 15, 2013

Sem parar…

268980_577489688937959_1067101873_n

"O desejo, por vezes esmagador, de parar vem da mente sussurrando: 'eu não posso' ou 'eu não sou bom o bastante, forte o bastante, inteligente o bastante." Qualquer que seja. Chega! Nós podemos ser nossos piores inimigos quando se trata dessas dúvidas e auto-falas negativas. Estar perto de pessoas com atitudes positivas ajuda, mas no final tem que vir de dentro. Nos tempos mais sombrios,  clichês de auto-ajuda não te ajudarão. Quando é pra valer, quando você tem que sobreviver, o que você precisa é de coragem, determinação. Você luta contra um urso e o coloca no chão, indo além do seu psique. Você tem que lembrar que é fácil parar, mas difícil de viver com isso depois, abandonar tudo pode se transformar em um vírus que se espalha e se torna um pensamento indesejável.”

- Marshall Ulrich, Running on Empty

Esse texto (mal traduzido por mim!), reflete um pouco a minha situação. A vontade de parar, abandonar por um tempo, é decorrência da queda de rendimento e dores que apareceram durante treinos e corridas.

Mas como tudo na vida, nenhuma decisão deve ser tomada de “cabeça quente”. Depois de refletir com calma, lembrei que pra tudo existe uma saída, basta aceitar mudanças e adaptações que sempre são necessárias. Ter paciência pra saber lidar com o tempo, também ajuda, é mais fácil quando se entende a diferença entre adiar e cancelar.

Serão alguns passos atrás, para garantir vários quilômetros pela frente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...