segunda-feira, abril 29, 2013

Track & Field Beira Mar Shopping 2013

Track & Field Series Beira Mar Shopping 2013

Não gostei da minha corrida, não terminei feliz. Não tem nada a ver com o tempo ou desempenho, mas sim com a sensação de que não foi um dia legal.

O dia já começou errado. Esqueci de ligar o despertador, programei, mas não liguei. Por sorte, talvez muita sorte, acordei por acaso às 6:30h, a retirada de kits seria até as 7:00h e largada às 7:30. Levantei correndo, me vesti, e sem tomar um café da manhã já parti para o Shopping Beira Mar. Cheguei 7:05h, mas ainda consegui pegar o chip sem problemas, essa é vantagem de morar num país em que pontualidade não é o mais importante.

O dia estava muito bom pra correr, 23ºC e sem vento. O percurso praticamente plano e já conhecido da Beira Mar Norte não tem muito o que assustar. Foram 1061 atletas divididos entre os 5 e 10k, um número incrível tratando-se de Floripa. Só pra ter uma ideia, a etapa do Iguatemi Alphaville (SP) que aconteceu no mesmo dia, teve 1142 corredores.

MINHA PARTICIPAÇÃO

TFRS legendadoNão tinha muitas pretensões quanto ao tempo, ficando próximo de 50’ já estaria de bom tamanho, pois os treinos das últimas semanas não foram nada produtivos. Me restava então correr no sentimento, ou seja, achar o ritmo confortável pra ir bem até o final.

Os primeiros 500 metros foram meio tumultuados. Rua estreita, duas curvas em S para entrar na Beira Mar e mais de 1000 pessoas largando ao mesmo tempo, o resultado só poderia ser um congestionamento que tira todas as possibilidades de ir rápido no 1º km.

Os km’s 2 e 3 foram meus melhores na corrida, os únicos abaixo de 5’00”/km. No 4º km o ritmo caiu naturalmente e no início do 5º km já me sentia exausto. Cheguei a pensar em parar e desistir sem dar a 2ª volta, mas optei por não ser tão radical e simplesmente reduzi o ritmo até me sentir mais confortável na corrida.

Relaxei e fiz os km’s 5, 6, 7 e 8 num ritmo entre 5’13” e 5’18”/km, o fôlego voltou e de acordo com o Virtual Partner eu chegaria próximo dos 50’ desejados se mantivesse aquele ritmo, isso deu a dose de motivação que eu precisava para fazer um pouco de força nos dois últimos km’s.

O km 9 foi uma tentativa de começar a acelerar pra terminar a corrida com o mínimo de dignidade e o último km, correndo a 4’48”/km, foi o que eu precisava pra perceber que tenho que mudar minha rotina de treinos e preparação para as corridas, se quiser voltar a sentir prazer em cruzar uma linha de chegada.

ORGANIZAÇÃO

As provas da Latin Sports, especialmente as da TFRS, costumam ser sempre muito bem organizadas, e dessa vez não foi diferente. Com exceção da largada que poderia ter sido feita separadamente para os 5 e 10k, evitando o congestionamento, não lembro de nada mais que possa ser apontado como ponto negativo que tenha tirado o brilho da prova.

Tá, pra não dizer que não reclamei de nada, a distância pra retirar a medalha, tira um pouco do brilho de se completar a prova e ganhar o “prêmio”.

PONTOS NEGATIVOS

PONTOS POSITIVOS

Largada Congestionada Boa quantidade de corredores, eventos em Floripa crescendo muito.
Distância pra retirar a medalha Hidratação perfeita
  Fácil estacionamento e gratuito
  Distância exata nos 10km

 

RESULTADO OFICIAIL

resultado TFRS Beira MAr

Link dos resultados: http://migre.me/ejvXW

REGISTRO DO GARMIN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...