segunda-feira, abril 15, 2013

Bons e maus momentos

“Se você deseja uma vida longa na corrida, você encontrará muitos obstáculos no seu caminho. Os desafios que encontramos, são exclusivamente nossos, mas eles virão. Todos nós temos bons e maus momentos. Merdas acontecem. A vida as vezes nos obriga a fazer ajustes e mudar de rumo. Em alguns momentos, quando as águas da sua vida estão mais calmas e você sente que está com o leme sob controle, você vai correr forte e buscar seus recordes pessoais. Em outros momentos, em meio a tempestade e turbulências, você terá que se contentar com menos….mas tudo bem, menos ainda é alguma coisa…só não se renda e abandone o barco!”

Amby Burfoot (Vencedor da Maratona de Bosto 1968 e editor chefe da Runners World)

A última semana foi de recuperação de algumas dores que estavam começando a me incomodar durante as corridas. Não gosto muito de falar de lesões, talvez seja superstição, ou uma forma de não pensar nelas, mas pode ter certeza, elas existem. Mas acredito que não exista atleta profissional ou amador que não tenha nenhuma dorzinha se quer. Na minha concepção - Existir causa lesões!

No meu caso, sendo um atleta amador, acho importante saber o limite da competição e cobrança por resultados. Não acho que valha a pena suportar dores em prol de minutos a menos ou quilômetros a mais, prefiro alcançar um condicionamento com treinos e paciência para atingir meus objetivos da forma mais confortável possível. Quero me superar, mas quero fazer isso sorrindo.

Decidi parar por uma semana com os treinos e fazer repouso completo. Hoje, depois de 7 dias, já considero que a melhora foi de 98% (nunca é 100%).

O retorno aos treinos está garantido, e agora com 3 meias maratonas no calendário. Que venham os bons momentos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...